XI Seminário Internacional da Rede Estrado

Movimentos pedagógicos e trabalho docente em tempos de padronização

Data: 16, 17 e 18 de novembro de 2016

Cidade/Pais: Cidade do México 

Realizada em Cidade do México.

APRESENTAÇÃO

O XI Seminário Internacional da Rede Latino-americana de Estudos sobre o Trabalho Docente (Red Estrado) constitui uma nova conquista deste espaço de construção coletiva que se vem consolidando há muito tempo. A Rede foi criada no final de 1999 e ao longo desses anos tornou-se uma referência no campo dos estudos sobre o trabalho docente no contexto latino-americano.
A Universidade Nacional Pedagógica do México é um espaço acadêmico que se destaca por seu trabalho de ensino, pesquisa e extensão acadêmica em temas que convocam a Rede Estrado. Este espaço, como sede do seminário, adquire um significado especial na situação atual da educação nos países latino-americanos.
A partir da temática “Movimentos pedagógicos e trabalho docente em tempos de padronização” propomos refletir sobre as novas formas pelas quais se busca regular o trabalho e a formação docente, em um contexto caracterizado pela centralidade dos sistemas padronizados. mensuração de resultados e avanço de propostas pautadas na introdução dos princípios da chamada “nova gestão pública” no campo educacional. Neste contexto, os professores são colocados sob suspeita com base nos baixos resultados que os alunos obtêm em exames nacionais e internacionais apresentados como “avaliação da qualidade”.
A realização deste seminário constitui um compromisso com a consolidação da Rede no México e visa dar visibilidade ao trabalho e às lutas de professoras e professoras em defesa de uma educação pública de longa e rica tradição no México. Também nos interessa refletir sobre a situação atual dos professores, das escolas normais e principalmente das escolas normais rurais. É neste contexto que nos juntamos às demandas pelo aparecimento com vida e justiça dos alunos normalistas de Ayotzinapa.
As apresentações, os relatos de experiência e os posters estruturam-se em torno de vários eixos como as condições de trabalho docente; políticas e processos relacionados ao trabalho e à formação de professores; professores em políticas curriculares e de avaliação; a organização do trabalho e o sindicalismo docente; saúde e trabalho docente; condições de trabalho no nível superior; mudanças culturais, perspectivas interculturais, étnicas e de gênero e trabalho docente no marco de alternativas pedagógicas e políticas de inclusão.
Esses eixos também estruturam as apresentações nos painéis com convidados de diversos países da América Latina. Além disso, foram organizados painéis especiais para analisar a resistência dos movimentos docentes diante das políticas de padronização na região e, especialmente, das experiências no caso mexicano; o papel dos sindicatos perante os ataques à educação pública e os processos de privatização e comercialização e o papel dos professores e alunos nas ocupações e encerramentos de escolas. Também refletirá sobre as transformações culturais e os impactos das novas tecnologias de informação e comunicação, e serão apresentadas experiências de formação de professores relacionadas a gênero, sexualidade e questões interculturais.
Decidimos alocar pela primeira vez nos seminários da Rede um espaço de destaque para a exibição e o debate de documentários de cineastas mexicanos e de outros países latino-americanos sobre temas de debate atuais na região.
A organização do Seminário está a cargo da Rede Estrado e de quatro prestigiosas instituições mexicanas de ensino superior: a Universidade Nacional Pedagógica, a Faculdade de Economia da UNAM, a Universidade Autônoma Metropolitana e a Universidade Autônoma da Cidade do México.
Com este programa pretendemos continuar contribuindo para o debate e a circulação do conhecimento desde uma perspectiva latino-americana sobre o trabalho docente em nível local, regional e global. Os problemas e desafios que enfrentamos são grandes e esperamos continuar fortalecendo os espaços coletivos de intercâmbio e companheirismo que caracterizam nossa Rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *